Cidades Cidades Destaque
Publicado em 21/12/2017 às 6:54 - Autor:

SUMARÉ: Prefeitura de Sumaré quita 13º salário de 2017 em dia e libera Cesta de Natal em pecúnia para os colaboradores municipais

13 salario

A Prefeitura de Sumaré, que havia pago antecipadamente 75% do valor relativo ao 13º salário de cada colaborador, liberou para o funcionalismo nesta quarta-feira (20) os 25% restantes do 13º salário de 2017 e a Cesta de Natal em pecúnia no valor de R$ 200,00 para cada servidor. Dessa maneira, a Municipalidade encerra o primeiro ano da administração do prefeito Luiz Dalben com o pagamento dos colaboradores em dia.

Merece destaque que, além dos servidores municipais ativos e inativos beneficiados com a Cesta de Natal em pecúnia, também os pensionistas, os colaboradores da frente de trabalho e os patrulheiros receberam o valor, totalizando cerca de 6.300 pessoas.

Ao longo do ano, a Administração Municipal também honrou o compromisso firmado no início do ano com os servidores, com relação ao pagamento do 13º salário de 2016 que não foi pago pela antiga administração.

“Estamos fazendo uma gestão séria e transparente, mesmo tendo pago em 2017 quase R$ 60 milhões de dívidas de 2016. Desde o início de nossa gestão, estamos fazendo todos os esforços para manter em dia e até mesmo antecipado, o pagamento dos servidores públicos municipais, que são o nosso maior patrimônio”, ressaltou o prefeito Luiz Dalben.

Desde a folha de agosto, que foi paga em setembro, já está incorporada aos salários a primeira parte da reposição salarial de 4,75% que foi concedida ao funcionalismo público municipal. A segunda parte da reposição, de 2,75%, será creditada na folha de janeiro de 2018. Esse dissídio foi concedido à categoria, após vários anos em que o funcionalismo ficou sem qualquer tipo de reposição salarial.

 

CESTA BÁSICA

Com relação à cesta básica dos servidores, o secretário de Administração e RH, Silvio Coltro, esclareceu que o contrato com a empresa que fornecia os mantimentos terminou em novembro. Nova licitação estava aberta para aquisição e entrega dos produtos, porém, o edital foi impugnado por uma empresa interessada no certame.

“Como é um objeto que tem muitos interessados, e observando os princípios da legalidade, da eficiência e da transparência, decidimos revogar essa licitação e abrir um novo processo licitatório. A data de abertura dos envelopes está marcada para a próxima semana, dia 29. Após a conclusão do certame, essa pendência deve ser regularizada junto aos servidores”, explicou o secretário.

Fonte: sumare.sp.gov.br

Comentários