Destaque Saúde
Publicado em 14/07/2017 às 7:49 - Autor:

SUMARÉ: Prefeitura de Sumaré e Faculdade São Leopoldo Mandic alinham parceria para “estágio” de médicos e dentistas na rede municipal de Saúde

suma mandic

Sumaré, 13 de julho de 2017

 

O prefeito Luiz Dalben anunciou nesta manhã mais uma importante parceria para o município, desta vez na área da Saúde. A Prefeitura de Sumaré e a Faculdade São Leopoldo Mandic alinham uma parceria para que os alunos dos cursos de medicina e odontologia auxiliem nos atendimentos à população das unidades de saúde, sempre sob a supervisão de professores e dos médicos concursados da rede. E o mais importante: a medida não trará gastos ao município. O anúncio foi feito junto ao presidente da São Leopoldo, José Luiz Cintra Junqueira.

“Este é um enorme ganho para a nossa população, uma parceria que vem para fortalecer a atenção básica de saúde, trabalhando principalmente com a prevenção. Os efeitos positivos desta medida serão verificados a médio e longo prazo, quando pudermos comparar as estatísticas. É um investimento na qualidade de vida dos nossos moradores, que vai contribuir e muito para atingirmos patamares mais elevados de IDH (Índice de Desenvolvimento Humano). Agradecemos à sensibilidade do doutor Junqueira, a vontade em nos ajudar, e com certeza, esta parceria também vai somar muito conhecimento aos alunos da São Leopoldo”, comentou o prefeito Luiz Dalben.

Segundo Junqueira, a faculdade ficará responsável inclusive pelos materiais que serão utilizados pelos estudantes, como luvas de procedimentos, máscaras, entre outros. “É uma honra muito grande para nós poder contribuir para melhorar a Saúde de Sumaré, e sem gerar qualquer despesa ao município. Além de oferecer uma experiência a mais para os nossos alunos, quem vai ganhar é principalmente o cidadão. Temos esta parceria em outras cidades há muitos anos, e já podemos calcular os resultados, que são bastante positivos na redução dos problemas de saúde em geral e de saúde bucal. A intervenção do acadêmico também dá um ânimo a mais para os médicos da rede, com a proposta de novos estudos de casos, pesquisas, publicações científicas. Isso tudo reflete em um melhor atendimento à população e é uma satisfação muito grande para nós poder ajudar”, explicou Junqueira.

 

MÉDICOS

Além de beneficiar os moradores e estudantes, a parceria também vai favorecer os médicos da rede municipal de saúde. Cada unidade poderá receber até dez alunos e os médicos concursados poderão optar em ser preceptor destes estudantes. Neste caso, a faculdade pagará R$ 25 por hora de trabalho aos “médicos-professores”. Além disso, os preceptores serão avaliados pelos alunos e aqueles que obtiverem nota superior a 8, receberão um curso de mestrado gratuito na São Leopoldo, instalada em Campinas.

Todas estas informações também já foram apresentadas pelo prefeito Luiz Dalben aos vereadores da cidade. O chefe do Executivo já assinou o projeto de lei que será encaminhado à Câmara, para aprovação da parceria. Segundo o presidente do Legislativo, vereador Joel Cardozo da Luz, uma sessão extraordinária deve ser convocada para a próxima semana, ainda dentro do recesso parlamentar, para que a parceria possa ser aprovada e colocada em prática o quanto antes.

A previsão é que em agosto os estudantes já estejam atuando nas unidades de saúde de Sumaré.

Fonte: sumare.sp.gov

Comentários