Brasil Destaque
Publicado em 30/03/2017 às 8:38 - Autor:

SUMARÉ : Prefeito Luiz Dalben recebe Grupo de Trabalho para discutir melhor solução em relação à Vila Soma

suma 837

O prefeito Luiz Dalben e sua equipe receberam na tarde de ontem (dia 27), no gabinete do Centro Administrativo de Nova Veneza, representantes dos governos federal e estadual, da Caixa Econômica, da Defensoria Pública, coordenadores da Vila Soma e diretores de entidades para a retomada do GT (Grupo de Trabalho) que busca a melhor solução em relação à ocupação. No encontro, ficou decidido que a Prefeitura de Sumaré iniciará o recadastramento das famílias da Vila Soma, a fim de verificar a real necessidade de moradia e o perfil socioeconômico das famílias, além da quantidade de moradores, crianças, idosos, portadores de deficiência, etc.

“Estamos encarando de frente os problemas da cidade e buscando soluções para a questão habitacional. Gostaríamos de ter recursos para andar com as próprias pernas, ter um projeto habitacional próprio, mas o Orçamento do município já está comprometido. Por isso a importância deste Grupo de Trabalho, da união de esforços em busca da melhor solução para o município. Queremos trazer moradia digna para as famílias que realmente precisam, e não apenas da Vila Soma, mas de todas as outras ocupações da cidade, que são mais de 70”, comentou o prefeito Luiz Dalben.

Na reunião, acompanhada pelo secretário municipal de Habitação e de Desenvolvimento Social, Edson Cosme, ficou definido que as pastas vão iniciar nos próximos dias o recadastramento das famílias da Vila Soma e apresentar os dados na próxima reunião do GT, marcada para o dia 15 de maio.

Pela Prefeitura de Sumaré, também participaram do GT a equipe técnica da Secretaria de Habitação e o secretário municipal de Serviços Públicos, Eder Ruzza. Representando a Presidência da República, estava Jorge Martins. Os representantes do governo estadual eram Antonio Lajarin e Marcos Bonel. Também esteve presente o vereador Willian Souza e o defensor público Rafael Faber, além de membros da coordenação da Soma; do advogado das famílias, Alexandre Mandl; e representantes da Caixa e entidades envolvidas com projetos habitacionais.

Comentários