Destaque Saúde
Publicado em 03/08/2017 às 16:00 - Autor:

SUMARÉ: Governador e prefeito Luiz Dalben lançam obras da UBS Ipiranga

sumaregov

O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o prefeito de Sumaré, Luiz Dalben, lançaram nesta manhã as obras da nova UBS (Unidade Básica de Saúde) do Jardim Ipiranga, região da Área Cura. A unidade será construída em um terreno na Rua Geraldo Trindade, esquina com a Rua 22, e deve ser entregue daqui a um ano. O investimento é de R$ 2,5 milhões.

A unidade faz parte do programa “Saúde em Ação”, uma parceria do governo estadual com o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), com o objetivo de criar uma rede articulada e moderna de saúde em todo o Estado, fortalecendo e ampliando o atendimento à população.

“Sumaré hoje é um canteiro de obras, sejam elas de infraestrutura urbana, novas escolas, centros de esportes e artes e agora mais uma unidade de saúde. Por meio do programa ‘Saúde em Ação’, nossa cidade está sendo contemplada com cinco novas UBSs e um novo CAPS (Centro de Atenção Psicossocial), além da reforma da UBS Angelo Tomazin – e a maioria das obras já iniciadas. Agradecemos ao governador pelos investimentos em Sumaré, principalmente estes na área da saúde, que vão trazer um atendimento mais humanizado aos nossos moradores”, comentou o prefeito Luiz Dalben, que acompanhou o anúncio de Alckmin na cidade de Campinas e as visitas do governador às vizinhas Monte Mor e Hortolândia.

Em Sumaré, o valor total previsto de investimentos por meio do “Saúde em Ação” é de R$ 17,2 milhões. Já foram iniciadas as obras das UBSs do Parque Florely, Parque Emília, Virgínio Basso e do CAPS, no Portal Bordon 2, além da reforma da UBS Angelo Tomazin. As unidades devem ser entregues em 2018. Além disso, ainda este ano, deve ter início a construção da nova UBS Matão.

Em todo o Estado, o programa prevê a construção ou reforma de 161 unidades de saúde em mais de 70 municípios, incluindo ainda hospitais e ambulatórios de especialidades. O investimento total é de R$ 826 milhões, sendo 70% provenientes de empréstimo do BID, com a contrapartida de 30% de recursos do tesouro do Estado. Na Região Metropolitana de Campinas, são 76 obras, que totalizam investimento de R$ 268 milhões.

Fonte: sumare.sp.gov.br

Comentários