Destaque Saúde
Publicado em 02/08/2017 às 10:21 - Autor:

SP: No aniversário de Bauru, Alckmin anuncia novo hospital na cidade

bauru

O município de Bauru, que completa 121 anos nesta terça-feira (1°), recebeu como presente a notícia da implantação do novo Hospital das Clínicas, que vai funcionar no espaço do Centrinho, no Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais da Universidade de São Paulo.

O hospital também servirá para formação de estudantes do curso da Faculdade de Medicina da USP, que será implantada na cidade. A novidade foi anunciada pelo governador Geraldo Alckmin em visita à cidade nesta terça.

 

Quero destacar um fato histórico, com a implantação da Faculdade de Medicina da USP de Bauru, a terceira do Estado. Essa é a grande prova de reconhecimento à cidade e à rede de hospitais do município. Bauru ganha com a iniciativa, que fortalece o campus universitário, por meio do Hospital das Clínicas e do hospital-escola. Foi uma engenharia bem feita. A parceria possibilita bons resultados já para o próximo vestibular”, destacou Alckmin.

As atividades do hospital foram planejadas para servirem de referência de atendimento de média e alta complexidade na região, compreendida por 68 municípios. Vai acrescentar 200 novos leitos hospitalares à rede e prestar serviços ambulatoriais e de diagnóstico, sendo que as principais especialidades serão Cardiologia, Buco-maxilo e Saúde Auditiva.

“Com o novo Hospital das Clínicas de Bauru, vinculado ao curso de medicina que a USP lança na cidade, ampliamos a estrutura e o acesso do SUS na região e garantimos maior agilidade, qualidade e resolutividade na assistência”, disse o secretário de Estado da Saúde, David Uip.

Unimed
Antes do anúncio do novo hospital, Alckmin fez uma visita ao recém-inaugurado Centro de Diagnóstico da Unimed (CDU), em Bauru. “Saúde é vida, está na vanguarda da inovação e representa preservar esse bem que Deus nos concedeu. A iniciativa fortalece o associativismo e o cooperativismo, além de gerar emprego. Só aqui são mil e trezentos postos de trabalho”, ressaltou o governador.

Fonte: GOV.SP

Comentários