Destaque Polícia
Publicado em 23/10/2017 às 5:54 - Autor:

POLÍCIA: Mãe de adolescente morto em escola de Goiânia pede: ‘não julgue o nosso filho’

mae

Esta é a segunda mensagem que a mãe publica sobre o filho depois do atentado. Anteriormente, ela publicou uma foto do adolescente e escreveu: ‘Hoje não tem texto bonito. Apenas uma mãe despedaçada.’

A mãe do estudante João Pedro Calembo, de 13 anos, morto em um ataque a tiros no Colégio Goyases, em Goiânia, publicou uma mensagem nas redes sociais dizendo que está despedaçada. Bárbara Melo fez uma homenagem ao filho e pediu para que ele não seja julgado. “Não julgue o nosso filho, a nossa família pelas notícias que você tem lido”, escreveu.

O adolescente de 14 anos, autor dos disparos, foi apreendido na última sexta-feira, 20. João Pedro morreu no local com um tiro na cabeça, assim como João Vitor Gomes, de 13 anos. Outros quatro estudantes ficaram feridos. Até o momento, um dos alunos, de 13 anos, recebeu alta hospitalar, na manhã deste domingo, 22 de outubro.

Esta é a segunda mensagem que a mãe publica sobre o filho depois do atentado. Anteriormente, ela publicou uma foto do adolescente e escreveu: “Hoje não tem texto bonito. Apenas uma mãe despedaçada.”

Leia abaixo o texto da publicação, que já teve mais de 1,6 mil comentários:

Continua depois da publicidade

“A vida e suas reticências… não vou reclamar meu Papai do Céu… Apenas aceitarei seus propósitos. Não entendo, nunca vou entender. Não quero buscar explicações. O Senhor apenas me emprestou o João Pedro pelos melhores 13 anos da minha vida. Não julgue o nosso filho, a nossa família pelas notícias que vc tem lido. Nós é a escola sabemos que não foi assim. Somos pais presentes, disponíveis, empenhados na educação dos nossos 3 filhos. Respeitem nosso luto, somos humanos, falhos, gente que tenta acertar todos dias. Meu príncipe foi morar num lugar onde não há choro, tristeza ou dor. Nosso filho querido, amado, responsável por natureza…. Amamos vc eternamente! Estou despedaçada, mas o Senhor, no tempo dEle, me restaurará.”

(Sarah Téofilo)

Fonte: em.com.br/Estadão

Comentários