Destaque Política
Publicado em 02/02/2018 às 8:30 - Autor:

ELEIÇÕES 2018: “O segundo turno será entre Ciro e Alckmin”

DAD14469-301E-4459-9438-BFDC603B4DE8-353x353

Carlos Lupi, presidente do PDT, conversou com O Antagonista sobre a pesquisa Datafolha.

O que o senhor achou do desempenho do Ciro Gomes?

Achei ótimo. O Ciro não é candidato desde 2002 e aparece empatado ou à frente do governador do principal estado [Geraldo Alckmin]. Isso é altamente positivo.

Com que margem de crescimento do Ciro vocês estão trabalhando?

O nosso prognóstico indica que ele vai chegar a 10% ou 12% em março. Na convenção, até julho, a candidatura dele estará viabilizada.

A candidatura do Lula ainda está no radar de vocês?

Não depende da gente, mas acho que temos de considerá-la até uma decisão final. Se eu fosse o Lula, eu faria o mesmo.

Qual é a chance de o PDT fazer aliança com outros partidos da esquerda já para o primeiro turno?

Vai depender da situação do Lula. Estamos conversando com o PSB e com todos os outros partidos. Todo mundo está achando que pode ganhar.

Carlos Siqueira, presidente do PSB, disse que o PT precisa entender que passou o momento dele. O senhor concorda?

Cada partido tem que ter consciência do seu melhor e do seu pior momento. O PT tem que fazer sua análise. Nós do PDT achamos que agora é a nossa vez.

Quem será o vice de Ciro Gomes?

Vai depender da situação do Lula e de possível alianças, mas nossa preferência é por algum nome do meio empresarial de São Paulo ou de Minas Gerais.

Qual é o candidato que vocês prefeririam enfrentar em um eventual segundo turno?

O segundo turno será entre Ciro e Alckmin.

Fonte: Antagonista

Comentários