Destaque Política
Publicado em 23/10/2017 às 5:02 - Autor:

ELEIÇÕES 2018 Aliados agora admitem Doria no governo de SP

alckmin_doria_paulo_whitaker_reuters

Alguns dos mais próximos correligionários do prefeito passaram a defender essa hipótese, que conta com o apoio do governador Alckmin

 

Pedro Venceslau, ENVIADO ESPECIAL / ASSUNÇÃO

O grupo político do prefeito de São Paulo João Doria (PSDB) passou a admitir rerservamente a hipótese de o prefeito se candidatar em 2018 ao governo de São Paulo e não mais à Presidência da República. A hipótese que antes era descartada  pelos correligionários mais próximos de Doria encontra apoio até do governador Geraldo Alckmin (PSDB), que vê a composição entre os dois como uma forma de pavimentar de vez sua candidatura ao Palácio do Planalto no próximo ano. Até o início deste mês, Doria e seus auxiliares diretos rechaçavam com veemência essa possibilidade.

Doria e Alckmin
Geraldo Alckmin e João Doria em jantar, no dia 2 de outubro; candidatura do prefeito ao governo estadual teria a vantagem de pacificar o PSDB em São Paulo Foto: Christina Rufato / Estadão

Porém, integrantes do grupo de Doria resolveram aconselhar o prefeito a buscar a composição com Alckmin ao mesmo tempo que a popularidade do prefeito começou a sofrer desgaste conforme as mais recentes pesquisas. Doria deve ainda mudar de estratégia e reduzir o número de reuniões internas para intensificar agendas públicas na capital. Até agora, Doria só trabalhava com um cenário: a disputa pela Presidência da República no ano que vem.

A solução de uma aliança entre Alckmin e Doria teria a vantagem ainda de pacificar a legenda em São Paulo e consolidaria o nome do governador internamente no PSDB. Questionado sobre esse cenário, Doria deixa uma porta aberta. “Toda solicitação que venha do governador Geraldo Alckmin vai merecer meu respeito e atenção”, disse o prefeito ao Estado em entrevista publicada na semana passada.

Fonte: http://politica.estadao.com.br

Comentários