Destaque Educação
Publicado em 03/06/2017 às 13:32 - Autor:

EDUCAÇÃO : Quer aprender inglês? Confira 10 sugestões mesmo estando no Brasil

nova 20

Falar inglês parece algo difícil (impossível) para você? Confira 10 dicas para finalmente aprender inglês de forma inteligente e produtiva.“Do you speak english?”. Qual a sua reação perante essa pergunta tão simples? Inevitável ter que falar inglês nos dias de hoje.

Para algumas áreas profissionais parece ainda mais importante que para outras, mas como todo mundo quer viajar e o mundo inteiro está cada vez menor, acaba sendo necessário de qualquer jeito.

E se você, de certa forma já aprendeu, já fez aulas, já fez intercâmbio, mas não usa inglês o tempo todo e não sabe como praticar nem melhorar estando no Brasil (e ainda tem medo de esquecer o que sabe), esse artigo é pra você.

Bem, eu não sou professora, apesar de já ter dado algumas aulas de inglês para crianças quando mais nova, mas exatamente por isso as dicas que coloquei aqui são as de alguém que primeiramente aprendeu inglês no Brasil, da forma possível, e depois foi melhorando de uma série de jeitos.

Acredito que língua é algo vivo. Você aprende praticando. Não há mistério nem fórmula mágica. E mesmo dispondo de um dim dim para pagar um professor, é fundamental fazer a parte nossa de cada dia.

No meu caso, comecei a aprender inglês com 9 anos (Obrigada pai, que me levava todo santo sábado de manhã às aulas de quase 4 horas na Cultura Inglesa). Fiz meu primeiro intercâmbio, para a África do Sul, com 25. Foi com o dinheiro que consegui juntar após alguns anos de trabalho e um tempo sobrando pra ir pra lá.

Descobri, neste primeiro contato fora aprendendo, que muita coisa do que aprendi aqui estava errada (sabe aqueles errinhos que ficam na cabeça, você vai levando e ninguém te corrige?).

Quando voltei, passei a fazer aulas com professores nativos. De lá para cá, o inglês nunca me abandonou. Foram muitas aulas trocadas, alguns cursos online, outro intercâmbio em Londres, um namoro longo com um inglês, um trabalho em uma startup cheia de gringos onde as reuniões eram feitas em inglês e etc.

Apesar de tudo isso, sempre fui muito exigente e perfeccionista comigo, e demorei para relaxar e ver que estava tudo certo em cometer alguns erros, não saber algum vocabulário ou ter um sotaque mais forte. Mas parar de praticar? Ah, isso não dá. E melhor começar hoje do que daqui a um ano.

Apenas assim, se aparecer aquela pergunta em inglês lá no início pra você (e acredite, pode ser em qualquer momento, seja para uma vaga de emprego ou para conversar com alguém em um evento), você vai se sentir mais seguro e confiante para respondê-la com propriedade! Quer falar inglês? Aqui vão algumas dicas:

eBook gratuito recomendado: Ter uma Vida Rica Só Depende de Você

  1. Assista filmes sem legenda

Isso é algo que eu procuro fazer sempre. É natural que algumas vezes dê preguiça, especialmente pra quem ainda não está tão habituado com a língua, mas faz toda diferença.

Eu costumo colocar meu fone de ouvido, escolher algo na Netflix e ver no iPad antes de dormir. Se for complicado assistir sem legenda, escolha a legenda em inglês.

  1. Se não tiver Netflix, veja vídeos no YouTube

Quem não tem Netflix nem TV a cabo, pode procurar vídeos no YouTube. Existe uma infinidade deles dos mais diversos assuntos. Os do TED são incríveis e você pode inseri-los em seu dia a dia para poder treinar o ouvido.

Sabe aquela meia hora que você usa pra ficar no Facebook? Que tal aproveitá-la melhor em qualquer horário do dia?

  1. Troque aulas e encontre pessoal nos grupos

Trocar aulas pessoalmente é algo incrível para poder treinar e melhorar o inglês. Já fiz isso com um irlandês (e acabamos nos tornando tão amigos que eu o apresentei a uma amiga e se casaram lá na Irlanda comigo como madrinha, mas isso é outra história! Rs).

Há muitos grupos nas redes sociais nos quais é possível oferecer este tipo de coisa. Você pode ensinar português e treinar o inglês. E se não tiver amigo gringo, vale entre brasileiros que queiram treinar também. O importante é praticar.

eBook gratuito recomendado: Riqueza pessoal é possível

  1. Troque aulas via Skype

Não dá pra fazer pessoalmente? Use o poder da tecnologia! Eu não sabia se conseguiria usar o Skype para isso, apesar de já ter tido aulas uma vez através dele, mas agora comecei a tentar explicar português para um amigo grego e está dando certo. A explicação é em inglês e, no fim das contas, além de treinar, nos divertimos bastante.

  1. Faça aulas

Claro que uma das maneiras mais fáceis de estudar, treinar e melhorar é fazendo aulas. Para quem não quer ter muito trabalho e precisa de um compromisso formal, ali, toda semana, para poder encaixar o estudo de inglês na agenda, vale encontrar um bom professor e mandar ver. Claro, custa dinheiro também.

  1. Leia em inglês

Leia. Mesmo em português, a melhor maneira de aprender vocabulário e escrever corretamente é lendo. Isso vale para outras línguas também. Por isso, que tal inserir uns livros em inglês na sua rotina? Se não estiver a fim de livro, vale revistas, websites, qualquer coisa.

Aplicativo gratuito recomendado: Controle suas finanças na palma da mão com o DinheiramaOrganizze

  1. Grupos de WhatsApp

Usar o WhatsApp para aprender e trocar mensagens é mais uma forma de praticar. Existem muitos grupos e, se você (como eu não) for muito afim de grupo nem de ficar recebendo notificação toda hora, basta colocar as notificações no mudo e dar aquela olhada quando tiver tempo. E responder, é claro. Neste caso é preciso participar para praticar.

  1. Cafés semanais

Alguns lugares realizam cafés semanais para quem quer praticar. Outro dia descobri um que acontece em cima de uma padaria aqui em São Paulo. E é possível formar grupos também. Por quê não? Converse com seus amigos.

  1. Ouça músicas e estude as letras

Aprender ouvindo músicas é uma delícia também, e você pode procurar as letras facilmente na internet para descobrir novas palavras e expressões. O próprio ato de ouvir e cantar junto já ajuda a memorizar algumas coisas. Falar inglês também significa ouvir e interpretar inglês.

eBook gratuito recomendado: Educação Financeira no Ambiente de Trabalho

  1. Arrisque e não seja tão exigente consigo mesmo

Finalmente, para praticar, aprender e melhorar, a melhor dica que descobri até agora é não ser tão exigente comigo mesma. Sempre achava, talvez pela minha profissão, que deveria ter o inglês 100%, o que me inibia algumas vezes na hora de falar.

Apesar de todos os gringos dizerem que eu falava super bem, que meu inglês era ótimo, etc. eu sempre achava que não e me colocava barreiras. Até que em algum momento essa sensação foi embora e eu passei a não ser tão exigente comigo mesma. E foi a melhor coisa que eu fiz.

Não importa se não deu pra morar fora, estudar em escola bilinque, ou se o esforço teve que ser muitíssimo maior por aprender uma língua no país de origem. No final das contas você entende que tudo está nas suas mãos e deve ser encarado como uma grande diversão. Let´s talk? ????

Janaína Gimael

Comentários