Brasil Destaque
Publicado em 19/05/2017 às 13:01 - Autor:

BRASIL : Crise em Brasília: Temer cogita novo pronunciamento

ADRO967  BSB -  27/04/2017 - RODRIGO MAIA / ENTREVISTA (EXCLUSIVA ESPECIAL) -  POLITICA  -  Presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia  da entrevista exclusiva ao Estadão na residência oficvial da Presídencia da CÇâmara dos deputados na QL 12 do Lago Sul, em Brasilia. 
FOTO: ANDRE DUSEK/ESTADAO

Executivo da JBS gravou presidente no dia 7 de março em diálogo sobre Cunha; Fachin negou prisão de Aécio, que se licenciou da presidência do PSDB

ÁUDIO: Ouça o diálogo entre Temer e Joesley
Antes de o STF liberar a gravação, o presidente Michel Temer, em pronunciamento à nação, disse que não renunciará e que não comprou o silêncio de ninguém.

ACOMPANHE AO VIVO

ATUALIZAR

  • 12h44

    19/05/2017ATENÇÃO: A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) abriu processo para investigar o frigorífico JBS, pivô das delações envolvendo o presidente Michel Temer, que vieram à tona na noite da última quarta-feira, 17. Ontem, após a divulgação das delações, foram publicadas notícias na imprensa de que o frigorífico teria se beneficiado por saber previamente que o escândalo estouraria e que teria reflexos nas ações da empresa e no câmbio.
    No site da CVM, consta apenas a informação de abertura de dois processos nos últimos dois dias – um na quarta-feira, 17, e outro ontem, 18. A autarquia não informa o motivo da abertura dos processos. Por meio da sua assessoria de imprensa, comunicou apenas que divulgará detalhes das investigações em breve, em nota oficial.
    Ao todo, a CVM abriu seis processos em nome da JBS neste ano, dois deles nesta semana. (Fernanda Nunes, do Rio de Janeiro)
    Com a compra de dólares antes da divulgação das denúncias contra Temer, a empresa ganhou mais do que o suficiente para pagar as multas pelo envolvimento em ações de corrupção, como revelou ontem o Broadcast.

  • 12h35

    19/05/2017BASTIDORES – Maia já discute com técnicos a legislação sobre eleições indiretas. Antes mesmo da renúncia ou cassação do presidente Michel Temer, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), já começou a fazer consultas sobre as regras para eleições indiretas para presidente da República. Desde ontem, o parlamentar fluminense se reúne com técnicos legislativos da Casa para estudar as leis existentes sobre o tema e ver a possibilidade de “ajustes” nessa legislação. (Igor Gadelha)
    Foto: André Dusek/Estadão

    Foto: André Dusek/Estadão

  • 12h33

    19/05/2017Na conversa que gravou com o presidente Michel Temer no Palácio do Jaburu, o empresário do Grupo JBS conta que tentou interferir em mudanças no Banco Central, na CVM, na Receita e no BNDES. Ele queria um presidente do Cade ‘ponta firme’.
    Leia mais no blog de Fausto Macedo

  • 12h16

    19/05/2017BRASÍLIA – O presidente Michel Temer (PMDB), o senador Aécio Neves (PSDB) e o deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) serão investigados em conjunto, no mesmo inquérito no Supremo Tribunal Federal. O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF, mandou a Procuradoria-Geral da República investigá-los com base nas delações dos irmãos Joesley Batista e Wesley Batista, proprietários do grupo JBS, maior do mundo. O inquérito, de número 4.483, tramitará sem segredo de justiça. (Breno Pires e Rafael Moraes Moura)
    Leia a reportagem completa

  • 11h52

    19/05/2017Presidente Michel Temer saindo do Palácio do Jaburu na manhã desta sexta-feira, 19, com destino ao Palácio do Planalto.

    Foto: Nilton Fukuda/ESTADÃO

     

    Nilton Fukuda/ESTADÃO

  • 11h14

    19/05/2017ATENÇÃO: Temer cogita fazer novo pronunciamento
    A reportagem do Estadão em Brasília apurou que o presidente Michel Temer cancelou compromissos previstos para esta manhã e está estudando fazer um novo pronunciamento.
    Junto a auxiliares, ele analisa desde cedo as gravações divulgadas ontem, de sua conversa com Joesley Batista. (Tânia Monteiro)

  • 11h04

    19/05/2017NOVA YORK – Na edição desta sexta-feira, 19, o jornal The New York Times publica reportagem sobre a crise dos últimos dias no Brasil. “Líder do Brasil, acusado de subornar, rejeita pedidos de renúncia” é o título da publicação.
    Leia a análise completa do correspondente Ricardo Leopoldo
    Foto: Evaristo Sá/AFP

    Foto: Evaristo Sá/AFP

  • 10h54

    19/05/2017SÃO PAULO – Sem citar Aécio e Temer, o governador do Estado, Geraldo Alckmin, e o prefeito paulista, João Doria, publicaram vídeos nos quais comentam a crise política dos últimos dias. Alckmin fala que “brasileiros anseiam pela retomada do crescimento”, enquanto Doria defende reformas.
    Os tucanos retornaram juntos de Nova York nesta quinta-feira, 18, após participação em evento.
    Assista aos vídeos no portal do Estadão

  • 10h11

    19/05/2017BELO HORIZONTE – Andrea Neves, irmã do senador afastado Aécio Neves, está presa em uma ala isolada do pavilhão principal do Complexo Penitenciário Feminino Estevão Pinto, em Belo Horizonte. Conforme o governo do Estado de Minas Gerais, “a separação se dá em razão do tipo de crime, das condições em que se deu a prisão e da repercussão do caso”. Andrea tem cela individual com cama, vaso sanitário e chuveiro próprios.
    Ela foi detida no início da tarde desta quinta-feira, 18, por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF). A jornalista de 58 anos, que atuava como assessora de Aécio, é acusada de ter participado da transação na qual o tucano teria recebido R$ 2 milhões em propina da JBS. (Com informações da Agência Brasil)
    Leia mais sobre Andrea Neves na reportagem de Leonardo Augusto, especial para O Estado
    Foto: Denilton Dias/O Tempo

    Denilton Dias/O Tempo

  • 09h52

    19/05/2017A TV Estadão registrou o confronto entre manifestantes e policiais nesta quinta-feira, 18, em Brasília. Assista ao vídeo abaixo:

  • 09h52

    19/05/2017

  • 09h50

    19/05/2017BASTIDORES – O presidente Michel Temer deve indicar um mineiro ao cargo de ministro da Cultura, no lugar de Roberto Freire (PPS/SP), que deixou ontem o cargo. A informação é de interlocutores do presidente no Congresso.
    A bancada mineira cobra um lugar entre os ministérios desde o início do ano, sob o argumento de que o Estado é o único sem representante no primeiro escalão.
    (Igor Gadelha, de Brasília)
    Foto do ex-ministro Roberto Freire, que abandonou o cargo após denúncias contra Temer (Alex Silva/Estadão)

    Foto: Alex Silva/ Estadão

  • 09h45

    19/05/2017SÃO PAULO – Depois do dia mais turbulento desde a crise mundial de 2008, os mercados locais mostram cautela. O dólar abriu o dia em queda, cotado a R$ 3,3059 às 9h30.
    Ontem, a Bovespa desabou 8,8% e o dólar saltou 8,07%, o terceiro maior ganho da história frente ao real. (Redação de Economia do Estadão)

  • 09h38

    19/05/2017O ex-ministro da Cultura do governo Temer, Marcelo Calero, publicou nota nesta quinta-feira, 18, na qual afirma que “chegou a hora de refundar o Brasil”. Ele lembra ter denunciado há exatos seis meses, em novembro de 2016, a interferência do ex-ministro Geddel Vieira Lima para que tentasse liberar uma obra. Segundo Calero, sua “incredulidade diante de um pedido absurdo” agora é compartilhada por todo o País. Ele relata ter sido alvo de duras críticas de Aécio Neves (PSDB), Rodrigo Maia (DEM) e Michel Temer (PMDB) ao denunciar o caso e renunciar ao cargo de ministro. “Entendemos de maneira mais clara não apenas a razão dessa ferocidade, mas, especialmente, o ‘modus operandi’ de nossa triste e ultrapassada elite política”, afirma.

  • 09h02

    19/05/2017Um anexo à delação premiada de Joesley Batista relata que o empresário mantinha relacionamento com Michel Temer desde 2010, quando o político presidia a Câmara de Deputados. O primeiro pedido de Temer teria sido o pagamento de R$ 3 milhões em propinas.
    O documento tem como título “Fatos diretamente corroborados por elementos especiais de prova”.
    Leia a íntegra do material no Blog de Fausto Macedo
    Foto: Felipe Frazão/Estadão

    Foto: Felipe Frazão/Estadão

  • Fonte Estadão

Comentários